Toma Lá, Dá Cá foi um seriado de televisão brasileiro exibido pela Rede Globo, criado por Maria Carmem Barbosa e por Miguel Falabella (que também era protagonista e responsável pelo roteiro final). Começou como um especial de fim de ano, exibido em 29 de dezembro de 2005. O episódio piloto deu origem a um show homônimo, a partir do 7 de agosto de 2007, exibido às terças-feiras, substituindo a série A Diarista. A série tinha a direção geral de Cininha de Paula, que substituiu Mauro Mendonça Filho, devido a saída deste para a direção da novela das 18h da mesma emissora, Negócio da China (também de autoria de Falabella). A direção de núcleo era de Roberto Talma.